Regionalização do Brasil

Regionalização do IBGE: oficial do Estado, leva em consideração as fronteiras políticas dos estados. Vantagem: maior disponibilidade de material para pesquisa e maior divulgação na mídia. Desvantagem: desconsidera aspectos naturais e socioeconômicos importantes na fragmentação do território, além disso, o número de regiões para estudar é maior.

Regiões Geoeconômicas ou Complexas Regionais: elaborada na década de 1960 pelo geógrafo Pedro Pinchas Geiger, considera características históricas, naturais e econômicas sem se preocupar com as fronteiras políticas interestaduais. Vantagem: estabelece critérios mais relevantes, do ponto de vista conceitual, na individualização das partes do território brasileiro. Desvantagem: escassez de material pedagógico.

Dê sua opinião:

Uma resposta to “Regionalização do Brasil”

  1. sfaga1sf6dj8agxf Says:

    obrigado !?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: